Marketing Content Writer

Especialistas discutem táticas de liderança, criação de conexões, geração de ideias e muito mais na era do trabalho híbrido

Especialistas discutem táticas de liderança, criação de conexões, geração de ideias e muito mais na era do trabalho híbrido

O mundo do trabalho muda a cada dia. Tanto os profissionais como os líderes precisam estar sempre prontos e desenvolver continuamente as formas como se comunicam e colaboram entre si neste mundo em constante mudança.

Para fazer face às exigências desta nova realidade, o planejamento das reuniões deve considerar tanto participantes presenciais como remotos, os líderes devem ser criativos e aumentar a coesão da equipe, e a geração de ideias deve florescer em tais ambientes.

Na Zoom, reunimos especialistas para discutir esta mudança de paradigma em nossa série de webinars Building Forward, na qual eles oferecem perspectivas e dicas exclusivas para todos aqueles que desejam criar uma força de trabalho capaz de atuar em qualquer lugar.

Cinco dicas de reunião para conectar uma força de trabalho distribuída

Grande parte da comunicação é não verbal, e a interação face a face frequentemente transmite muito mais ideias e sentimentos do que a maneira como as pessoas falam ou o que elas dizem. Assim, durante reuniões de vídeo, certos indivíduos podem ter dificuldades para processar informações — especialmente se os vídeos estiverem desligados.

Segundo Tessa West, professora adjunta de psicologia da Universidade de Nova York, existem várias formas de usar reuniões de vídeo para garantir que todos obtenham as informações contextualizantes que acompanham a interação física, ajudando a criar pontes entre os profissionais em casa e no escritório.

Confira a seguir cinco dicas de West para criar um ambiente ideal para uma força de trabalho híbrida:

  1. Quanto menos telas, melhor: se as pessoas estiverem juntas no mesmo ambiente, solicite que elas usem a mesma câmera. Assim, haverá menos fontes de informação, e você poderá focar-se na comunicação não verbal entre as pessoas no ambiente. Você também pode aproveitar os recursos de criação de feeds de vídeo individuais dos participantes no ambiente, dando aos participantes remotos uma visão mais clara de seus colegas.
  2. Tenha regras de turno e não exiba em destaque quem está falando: definir regras ajuda a aumentar a inclusão e a reduzir o impacto negativo das pessoas que West chama de “tratores”; ou seja, pessoas que costumam dominar as conversas. Reduzir a ambiguidade pode permitir que as pessoas se manifestem e façam perguntas. Evite depender de regras “implícitas” e estabeleça regras explícitas que sejam claras para todos os participantes. Você também pode eliminar visualmente os “tratores” com o uso da exibição de galeria, que mostra todos os participantes da reunião igualmente na tela.
  3. Use o chat de forma estratégica: embora o chat possa certamente servir a propósitos importantes, como organizar uma agenda ou a ordem de fala, ele também pode criar realidades múltiplas para as pessoas. Algumas delas podem prestar atenção somente ao chat, não a quem está falando, e vice-versa. Portanto, use o chat de modo a criar uma experiência consistente para todos.
  4. Crie oportunidades presenciais para os recém-chegados: embora os líderes não devam impor como e quando as pessoas devem interagir presencialmente, eles devem identificar e promover oportunidades naturais para que os recém-chegados interajam fisicamente com suas equipes. Assim, tarefas difíceis de ver, como aconselhamento e instrução, tornam-se mais visíveis aos demais.
  5. Reserve tempo para o networking: seja em pessoa, seja remotamente, todos os funcionários precisam de oportunidades de networking. Embora as interações presenciais sejam excelentes para o networking, você também pode usar tecnologias de colaboração para criar eventos estratégicos ou encontros virtuais para as pessoas que desejam sair de suas bolhas.

Para mais informações sobre como usar estrategicamente as reuniões de vídeo para criar uma força de trabalho mais conectada, assista aqui ao nosso webinar Building Forward com Tessa West ou confira o novo livro da professora, “Jerks at Work”, a ser publicado em 25 de janeiro de 2022.

Orientações de liderança para criar coesão de equipe

Apesar de a colaboração remota ter se tornado parte integrante da vida de muitos profissionais, ela também pode levar ao isolamento dos funcionários em relação a outras equipes e departamentos. Conexões mais amplas nem sempre são cultivadas facilmente neste novo ambiente, encarregando os líderes de encontrar novas formas de nos unir e de desenvolver a confiança mútua.

Segundo o professor de psicologia e neurociência da NYU Jay Van Bavel, os líderes de forças de trabalho flexíveis têm um novo dever: criar uma sensação de “nós”. Para que o modelo de trabalho flexível esteja pronto para o futuro, precisamos ajudar os profissionais a transcender a identidade individual, que resulta do trabalho em casa, e a adotar uma identidade de grupo. Isto promove colaboração e inovação.

Claro, não existe um roteiro para criar uma sensação de quem nós somos enquanto grupo e definir as coisas que são importantes para nós. Mas o resultado final vale a pena: os líderes que fazem isto são mais eficazes e inspiram mais ação, criando seguidores engajados.

Van Bavel tem algumas recomendações sobre como começar a promover esta identidade compartilhada:

  • Estabeleça metas compartilhadas, em que todos trabalhem juntos
  • Use recompensas coletivas que beneficiem todos os membros da equipe
  • Compartilhe relatos, afirmando uma sensação compartilhada de propósito
  • Crie símbolos para alinhar a todos como parte de algo maior
  • Estabeleça normas sociais para orientar o comportamento inclusivo
  • Aja como “um de nós” para inspirar as outras pessoas a seguirem sua liderança

Para mais informações sobre como colocar a liderança de identidade em prática e inspirar as equipes a realizar ações coletivas, assista aqui ao webinar Building Forward de Van Bavel ou confira o novo livro do professor, “The Power of Us: Harnessing Our Shared Identities to Improve Performance, Increase Cooperation, and Promote Social Harmony.”

Geração de ideias por meio de conexões

Como definir uma ideia?

De acordo com Jeremy Utley, diretor de educação executiva na d.school da Universidade de Stanford, uma ideia é uma conexão. Nossos cérebros não criam novos materiais a partir do nada; uma ideia é o resultado da ligação de fragmentos existentes de conhecimento de forma engenhosa.

Quando se trata de gerar ideias e adotar formas inovadoras de pensar, Utley fornece algumas orientações importantes:

  • Inovação é volume: para ter ideias melhores, você precisa ter mais ideias.
  • Para ter mais ideias, tenha mais contribuições: identifique colaboradores, clientes e outras fontes de inspiração e contribuições que estimulem a imaginação.
  • A inovação é uma atividade com grande variabilidade: para aumentar as chances de ideias geniais, você tem que enfrentar várias ideias ruins.
  • Busque boas conexões para ter boas ideias: olhe para fora de sua equipe, organização ou até mesmo de seu setor.

O último tópico é fundamental para a forma como promovemos a inovação neste novo mundo do trabalho: precisamos conversar com colaboradores, clientes e colegas para aprendermos coisas novas, gerarmos ideias e estabelecermos conexões. Se quisermos cultivar ideias, precisamos cultivar conexões.

Para mais informações sobre como gerar novas ideias por meio de conexões, assista aqui ao webinar Building Forward de Utley.

Uma nova era de trabalho

Ao adotar novas formas de pensar e implementar estrategicamente tecnologias de colaboração para auxiliar suas equipes, a força de trabalho em qualquer lugar pode se tornar uma realidade sustentável. Quer seja para melhor conectar suas equipes, quer seja para obter inspiração criativa, nossa série Building Forward é projetada para fornecer dicas simples e práticas sobre como navegar com sucesso por esta nova fase do trabalho.

Descubra mais webinars sob demanda aqui ou acesse nossa página Building Forward para ver os próximos eventos.

Não esqueça de compartilhar esta postagem