CEO

Uso pela Zoom do SDK do Facebook no cliente iOS

Uso pela Zoom do SDK do Facebook no cliente iOS

A privacidade dos usuários é um assunto muito importante para a Zoom. Gostaríamos de compartilhar uma alteração que fizemos em relação ao uso do SDK do Facebook.

Implementamos originalmente o recurso “Efetuar login com Facebook” usando o SDK do Facebook para iOS a fim de fornecer aos nossos usuários mais uma alternativa prática para acessar nossa plataforma. No entanto, na quarta-feira, 25 de março de 2020, tomamos ciência de que o SDK do Facebook estava coletando informações dos dispositivos que não são necessárias para a prestação do nosso serviço. As informações coletadas pelo SDK do Facebook não incluíam informações e atividades relacionadas a reuniões, como participantes, nomes, anotações, etc., mas sim dados sobre dispositivos, como tipo e versão de SO móvel, fuso horário e SO do dispositivo, modelo e operadora, tamanho da tela, núcleos do processador e espaço em disco.

A privacidade dos nossos clientes é a principal prioridade para nós. Por isso, decidimos remover o SDK do Facebook do nosso cliente iOS e reconfiguramos o recurso para que os usuários ainda possam efetuar login no Facebook pelo navegador. Os usuários precisarão atualizar para a versão mais recente do nosso aplicativo, que já está disponível desde às 16h30, horário de Brasília, da sexta-feira, 27 de março de 2020, para que essas mudanças sejam aplicadas. Recomendamos que essa atualização seja feita o quanto antes.

São exemplos de informações enviadas pelo SDK na instalação e ao abrir e fechar o aplicativo:

  • Identificador de pacote de aplicativo
  • ID da instância do aplicativo
  • Versão do aplicativo
  • Operadora do dispositivo
  • ID de anunciante do iOS
  • Núcleos de CPU do dispositivo iOS
  • Espaço em disco disponível no dispositivo iOS
  • Espaço em disco restante no dispositivo iOS
  • Dimensões da tela do dispositivo iOS
  • Modelo do dispositivo iOS
  • Idioma do iOS
  • Fuso horário do iOS
  • Versão do iOS

 

Como a transmissão era feita pela Internet, o endereço IP era utilizado na troca, mas não fazia parte da carga do SDK.

Agradecemos enormemente a Joseph Cox, da Motherboard, por nos informar sobre isso aqui.

Pedimos sinceras desculpas pelos transtornos que isso possa ter causado e ressaltamos que permanecemos comprometidos com a proteção da privacidade dos nossos usuários. Estamos constantemente revisando os nossos processos e protocolos para implementar novos recursos no futuro e garantir que isso não ocorra novamente.

Não esqueça de compartilhar esta postagem